domingo, 19 de fevereiro de 2017

Linkin Park Entre os 10 discos aguardados que devem ser lançados em 2017

Veja, abaixo, quem deve lançar novos trabalhos em 2017: 

Arctic Monkeys: o aguardado sucessor de "AM" (2013) deve chegar às lojas em 2017, especula a imprensa internacional. Eles já teriam voltado à cidade natal, Sheffield, na Inglaterra, para voltar as raízes e gravar um bom álbum. 

 

Boogarins: a banda brasileira de rock psicodélico tem conquistado mercados cada vez mais abrangentes, em nível mundial, à medida em que se apresentam pelo globo. O terceiro disco de inéditas do grupo, que sucede "Manual ou Guia Livre de Dissolução dos Sonhos" (2015), deve chegar em 2017. 

 

Jay Z: um dos rappers mais famosos do mundo deve, enfim, lançar o sucessor de "Magna Carta Holy Grail" (2013). Especula-se que o álbum seja uma resposta a "Lemonade", de Beyoncé, que comenta uma suposta traição cometida por ele. 

 

Linkin Park: o Linkin Park voltou às raízes em seu disco mais recente, "The Hunting Party", que agradou no geral. A fórmula deve se seguir em seu próximo álbum, que, de acordo com o engenheiro de som Warren Willis, deve sair em breve. 

 

Lorde: a dona do hit "Royals" não lançou nada desde o seu aclamado primeiro disco, "Pure Heroine". Ela afirma que passou boa parte do tempo, desde então, trabalhando em estúdio. 

 

Pearl Jam: no ano em que serão eternizados no Rock And Roll Hall Of Fame, o grupo de Seattle deve lançar o sucessor de "Lightning Bolt" (2013). A aposta deve ser caseira: rock alternativ, calcado no grunge, mas com as pitadas hard rock que marcaram a sonoridade da banda. 

 

System Of A Down: dona do maior hiato desta lista, a banda não lança nada desde "Hypnotize", de 2005. O grupo encerrou suas atividades em 2006, voltou em 2010 e, desde então, só tem feito turnês. No entanto, foram divulgados alguns vídeos dos músicos em estúdio nos últimos meses. A tendência é que um novo álbum saia em breve. 

 

Taylor Swift: um dos grandes nomes da música pop entre 2014 e 2015, Taylor Swift vai, enfim, lançar o sucessor do multi-platinado "1989". Até agora, não se fala sobre o álbum, mas especula-se que chegue a público ainda neste ano - e mantenha a pegada pop do registro anterior. 

 

The Strokes: os Strokes não lançam um disco desde o polêmico "Comedown Machine" (2013), que não contou com agenda de promoção em nenhuma mídia, já que a banda estava saindo da gravadora RCA. O grupo já confirmou que está trabalhando em novas músicas e imagina-se que o resultado seja divulgado em 2017. 

 

U2: o grupo irlandês havia revelado, anteriormente, que as gravações do disco "Songs of Innocence" (2014) renderam músicas que não foram aproveitadas. O trabalho deve sair sob o título "Songs of Experience", com o teor indicado no nome: mais experimental. 


Fonte: http://revista.cifras.com.br

Linkin Park nova música "Heavy" é criticado por fãs

Linkin Park abandona o rock em nova música e é criticado por fãs

A faixa conta com a participação de Kiiara, notável no segmento do pop experimental. "Heavy" é uma das músicas que integram o próximo álbum do Linkin Park, intitulado "One More Light", que será lançado em 19 de maio.
A parceria deixou os fãs divididos. Muitos admiradores do Linkin Park fizeram críticas à proposta pop da nova música. Conforme a própria banda havia dito anteriormente, a canção deve refletir a proposta do próximo álbum de estúdio.
Parte das críticas está presente na seção de comentários do lyric video no YouTube. "Amei esta nova colaboração entre Taylor Swift e Justin Bieber", ironizou um internauta. "É oficial, o Linkin Park se vendeu", afirmou outro. "O Linkin Park perdeu a sua alma. Gostaria da música se ela não fosse da banda", disse outro.
Houve, contudo, quem defendesse a proposta da música. "Qual música pop tem uma letra tão boa quanto esta? Linkin Park não é um gênero. É a união de suas letras e de significados por trás das músicas", disse um fã. "Não sei o motivo das críticas, eles sempre fizeram músicas assim e eu sempre gostei", afirmou outro.


Ouça "Heavy":


Fonte: http://revista.cifras.com.br

Após “homenagem” ao SOAD, Tongo faz a pior cover de Linkin Park da história

Tongo faz cover de Linkin Park em vídeo

Tongo é um artista peruano de cumbia que tem se tornado conhecido na Internet por conta de suas versões de músicas de rock.

Há alguns dias o cara disponibilizou uma cover de “Chop Suey”, mega hit do System Of A Down, e agora voltou a atacar novamente, dessa vez com um vídeo deliciosamente horrível para “Numb”, do Linkin Park.

Você pode assistir ao vídeo “em estreia mundial” logo abaixo, e ver a versão de SOAD clicando aqui.

Fonte: tenhomaisdiscosqueamigos.com

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Nova musica do Linkin Park 2017

A Nova musica do Linkin Park foi lançado 17 de fevereiro.

Linkin Park lança a inédita "Heavy" e anuncia data de lançamento de próximo álbum 2017

Linkin Park liberou nessa quinta-feira(16) a primeira música de seu próximo disco, "Heavy", com a participação de Kiiara - ouça.

Fonte: omelete.uol.com.br

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Linkin Park está trabalhando em novo álbum

Linkin Park está trabalhando em um novo álbum. Em sua conta no Instagram, a banda postou uma foto do vocalista Chester Bennington no estúdio, com a frase: "De volta ao trabalho esta semana". Confira:

Hunting Party, o último disco do grupo, foi lançado em 2014. No ano passado, a banda foi a principal atração musical da Blizzcon 2015

Fonte: omelete.uol.com.br/

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Linkin Park está gravando disco novo 2016


Linkin Park anunciaram aos fãs nesta quarta (06) que estão trabalhando em um novo álbum.
Em seu perfil no Instagram, a banda postou uma foto do vocalista Chester Bennington no estúdio com a seguinte mensagem: “de volta ao trabalho esta semana”.
O mais recente trabalho do Linkin Park é “The Hunting Party”, disco lançado em 2014.
A companhia, descrita pelo Linkin Park como uma empresa de inovação é focada em se envolver com “parcerias de negócios não tradicionais” nos mundos da moda, design, tecnologia e música.

Fonte: http://www.radiorock.com.br/


domingo, 9 de agosto de 2015

Vinnie Paul: "O Linkin Park é a única banda grande desse século"

Imagem

O site australiano voltado para negócios e finanças do mundo musical MUSIC BUSINESS FACTS conversou com o ex-baterista do PANTERA e atualmente no HELLYEAH VINNIE PAUL ABBOTT semana passada e o indagou sobre sua relação pessoal e corporativa com a música. O jornalista Rodney Holder o perguntou, dentre várias outras coisas, se ele acha que ainda precisaria de uma gravadora caso estivesse começando sua carreira hoje em dia, ou se ele acha que bandas novas podem ser bem-sucedidas de modo independente. Vinnie respondeu:

“Sabe, eu queria que as coisas voltassem ao jeito tradicional, onde as pessoas seguravam o vinil e olhavam para o disco e sabiam de tudo sobre a banda. O mundo de hoje é tão ‘vem hoje, some hoje à tarde’, ‘eu vou baixar essa música. Quem se importa com que banda é? Eu acabei de baixar dezoito músicas de dezoito bandas diferentes que eu amo’. As pessoas não estão ligadas às bandas como costumavam estar. Então, as gravadoras estão… eu acho que elas vão permanecer, e espero que um dia achem um modo de vencer ao que está acontecendo com o sistema digital e tudo mais, mas eu não acho que veremos de novo um dia onde as gravadoras vendam 2 ou 3 milhões de cópias por semana. Quero dizer, eu acho que só houve uma banda ano passado que ganhou disco de platina. Eu não me lembro de quem… Taylor Swift ou alguém assim. E só. E foi uma queda enorme. Então, qualquer um pode lançar um CD e dizer que está em uma gravadora e isso e aquilo. Eu realmente não saberia exatamente como abordar o lançamento de uma banda nova. Eu não manjo muito de empresariamento e coisas do gênero. Mas eu digo que seria muito difícil, cara. Se você olhar para as bandas que estão encabeçando o elenco dos festivais hoje em dia, não tem banda nova nenhuma – é sempre o METALLICA, é sempre o AEROSMITH, é sempre o JUDAS PRIEST, VAN HALEN, KISS… são sempre essas bandas que estão por aí faz quarenta anos. A única banda que eu consigo lembrar que surgiu nos últimos dez ou quinze anos e que tem cacife para ser nome de topo em um festival é o LINKIN PARK, e só. Talvez o SLIPKNOT também. Não tem havido o tipo de desenvolvimento de artista que havia antes. Quando algumas dessas bandas mais velhas começarem a se aposentar e não conseguirem mais tocar, vai ser um choque para o circuito de turnês, cara. A [empresas de organização de turnês e espetáculos] Live Nation e AEG e todas essas pessoas vão ter que inventar um jeito de transformar essas outras bandas em nomes grandes. Ou isso ou os festivais vão desaparecer, sabe, porque todo ano, se você olhar para o elenco dos festivais, tem uma dessas bandas jurássicas. ”

Indagado se ele apoia serviços de streaming de música como o Spotify e o Apple Music:

“Mais uma vez, é algo que estaria fora do meu controle. A gravadora, uma vez que você dá os masters para eles, é dona deles e eles podem fazer o que querem com o material. Se eu concordo com o que ela faz com aquilo ou não, é irrelevante no fim das contas. Então eu acho que o mais importante é levar sua música ao maior número de pessoas que você puder, e esperar que elas gostem do seu trabalho e se tornem fãs e queiram ver você ao vivo. Porque, como eu disse, você não faz mais dinheiro com vendas de discos ou execuções nas rádios, nada disso – tudo gira em torno do show. E o merchandise, sem dúvida."


Fonte: http://whiplash.net/

quinta-feira, 21 de maio de 2015

LINKIN PARK ENTRA PARA LISTA DAS LETRAS MAIS INTELIGENTES DO ROCK

Segundo estudo feito pelo site SeatSmarts, as letras do Linkin Park está no topo das mais bem elaboradas da música. Confira a matéria completa:

O SeatSmarts tenta, cientificamente, catalogar todos os pensamentos sobre letras internacionais de artistas famosos que provavelmente você já teve. O levantamento é feito de acordo com o nível de leitura proporcionado por cada composição.

Para isso, foram selecionadas mais de 200 músicas que passaram um tempo considerável nas paradas da Billboard, que representam a preferência nos Estados Unidos. Os resultados foram divididos entre estilos musicais e também pela popularidade das canções nos últimos dez anos.

No rock, as bandas Nickelback, Seether, Linkin Park e Foo Fighters conquistaram boas pontuações. Já os grupos Avenged Sevenfold, Three Days Grace e Shinedown obtiveram as piores médias.

Entre os nomes do hip hop, as melhores médias estão com Eminem, Nicki Minaj e Macklemore. As piores são de Chris Brown e, por último, Beyoncé. Já no pop, lideraram Mariah Carey e Adele, com Lady Gaga e Kesha entre as composições de menor intelecto, segundo o estudo.

Vale lembrar que a pesquisa foi feita de forma fria, com base nas palavras utilizadas e sua quantidade na composição, sílabas por palavras e caracteres por palavras, entre outros dados.


Fonte: roadtorevolutionbr.com

terça-feira, 19 de maio de 2015

Linkin Park aposta em companhias promissoras do setor de tecnologia

RIO - Não basta ser uma das bandas de rock mais populares do mundo, o Linkin Park está em busca de sucesso em outra área: a tecnologia. Há dois meses, eles lançaram a Machine Shop Ventures, uma investidora de capital de risco, que busca startups que possam mexer com a indústria do consumo. Segundo o site CNNMoney, a companhia já fez três apostas na plataforma de caronas Lyft, no app de negociação gratuita no mercado de ações, e no Shyp, um aplicativo de entregas

Essa nova investida é um marco para a banda formada em 1996, quando a música ainda era distribuída em fitas cassete e o Google nem sonhava em nascer. O Linkin Park não vê nada de estranho em exercer o papel de banda de rock à noite e de investidor de risco durante o dia. E mais, o grupo se sente atraído pelo Vale do Silício.

— Me sinto em casa lá — afirma ao site CNNMoney o guitarrista Mike Shinoda, destacando que a cultura do Vale do Silício é inspiradora.

Shinoda lembra que a indústria da música é bem difícil para quem está começando. Quem chega tem de trabalhar 80 horas por semana, praticamente sem folga, e com pouco dinheiro. Por outro lado, gigantes da tecnologia, como Google e Facebook, são conhecidos por recompensar seus talentos e incentivá-los com excelentes benefícios, como férias extras e até mesa de totó no local de trabalho.

— Eu me identifico mais com essas situações em que estamos trabalhando, com as pessoas que querem mudar o mundo. É como se as suas aspirações fossem maiores do que apenas vender um disco — diz Shinoda.

Mas os investimentos em tecnologia não são novos para o grupo. A banda já havia investido em algumas startups, como a Open Labs, que produz software e hardware para músicos. Shinoda tirou dinheiro do próprio bolso para apostar no serviço de streaming de música Spotify e no seu rival Pandora, do qual também é conselheiro. O vocalista também investiu na empresa de eletrônicos Sonos and North Technologies, uma startup criada pelo fundador do Digg, Kevin Rose.

— Estamos envolvidos com tecnologia há muitos anos. Queremos pôr a mão na massa e sentar no mesmo lado dos fundadores — diz Shinoda ao CNNMoney.

A Machine Shop Ventures se negou a dizer ao site o montante de seu fundo inicial, alegando que é “dinheiro interno”. Kiel Berry, vice-presidente executivo da companhia, afirma que a meta é fazer de 15 a 20 investimentos nos próximos dois anos.

“Estamos focados em encontrar empresas em estágio inicial de crescimento em uma base global que se alinhe com a marca Linkin Park, de conexão com os fãs e de inovação por meio de tecnologia e design”, afirmou Berry em um e-mail enviado ao CNNMoney.

Shinoda se orgulha de descrever o Linkin Park como a maior banda no Facebook e no YouTube. O grupo tem quase 5 milhões de assinantes no canal de vídeos e suas produções acumulam quase 2 bilhões de visualizações.


Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com

terça-feira, 12 de maio de 2015

Linkin Park - Live Rock in Rio USA 2015 – Show Completo

Setlist:
01. Papercut (nova intro)
02. Given Up (com final estendido)
03. One Step Closer (com final estendido)
04. A Line In The Sand (intro estendida / estreia ao vivo)
05. Runaway (reduzida)
06. Wastelands
07. Castle Of Glass (versão “Experience”)
08. Leave Out All The Rest / Shadow Of The Day / Iridescent (Ballad Medley / com Aaron Pauley)
09. Robot Boy (instrumental reduzida)
10. Solo de Joe Hahn
11. New Divide
12. Burn It Down
13. Solo de Mike Shinoda (com “Wretches and Kings” e “Remember The Name”)
14. Numb (com intro e fim de “Numb/Encore”)
15. In The End
16. Faint (com Austin Carlile e final estendido)
17. Waiting For The End (intro com verso Apaches e final “Wall Of Noise”)
18. What I’ve Done (com solo de guitarra estendido)
19. Bleed It Out (ponte estendida)

Show Completo:


segunda-feira, 11 de maio de 2015

Linkin Park: Mike Shinoda confirma novo álbum em 2016

Em uma entrevista concedida a Altwire, o vocalista/guitarrista do LINKIN PARK, Mike shinoda, comentou sobre algumas atividades relacionadas a ele e a banda, entre elas a parceria da banda com o DJ STEVE AOKI na música "Darker Than Blood", a repercussão do mais recente álbum da banda, o The Hunting Party, uma provável nova música da sua banda paralela de Rap, o FORT MINOR, e sem muitos detalhes, revelou que o LINKIN PARK lançará um novo álbum em 2016.

“Estou muito feliz com a recepção do THP, e eu acho que estamos prontos para um novo álbum, que será lançado no próximo ano”.

Imagem


Fonte: whiplash

domingo, 10 de maio de 2015

Metallica e Linkin Park comandam o Rock in Rio EUA na sua segunda noite

O Rock in Rio finalmente chegou aos Estados Unidos. A primeira edição do maior evento de rock do mundo iniciou em terras americanas na última sexta-feira (08), com destaques para No Doubt, Maná e Foster the People. Já neste sábado, Metallica, Linkin Park, Rise Against, Deftones e a banda brasileira Sepultura são os destaques.

Assim como nas edições no Brasil, o pop terá seu espaço. No outro final de semana, 15 e 16 de maio, nomes como Taylor Swift, Bruno Mars, Ed Sheeran, Big Sean e Ivete Sangalo estão confirmados.

Roda Gigante, Tirolesa...

A Cidade do Rock americana é na Strip, próxima à esquina da Sahara Avenue, em uma área de 16 hectares. Com capacidade para 85 mil pessoas por dia, o evento tem roda gigante e tirolesa de 19 metros de altura e 183 metros de extensão em frente ao Palco Principal.

As ruas temáticas (Rock Streets) dão a oportunidade de viver culturas típicas dos Estados Unidos, do Reino Unido e do Brasil. Cada rua tem 20 casas com lojas e restaurantes, além de um palco onde bandas e artistas se apresentarão. O Palco Evolution e as Rock Streets começam shows às 15h30. As apresentações no Palco Principal começam às 17h30.

Programação do Rock in Rio USA:

8 de maio

Palco Principal: No Doubt, Maná, The Pretty Reckless, Smallpools, Cirque du Soleil

Palco Mercedes-Benz Evolution: Foster the People, Gary Clark Jr, Bleachers, Saints of Valory

Palco Eletrônico: AN21, Ftampa, Wax Motif, MVTH

Rock Street Brazil: Spock Frevo Orquestra, Pepeu Gomes, Leo Gandelman

Rock Street USA: DJ Druskee & MC Myron Marten, Academy of Villains, Rock in Rio Dance Crew

Rock Street UK: Stones the Beetles, Terra Celta

9 de maio

Palco Principal: Metallica, Linkin Park, Rise Against, Hollywood Undead

Palco Mercedes-Benz Evolution: Deftones, Sepultura (apresentando Steve Vai), Coheed and Cambria, Of Mice & Men

Palco Eletrônico: Caked Up, Gaslamp Killer, Felguk, Alok

Rock Street Brazil: Spock Frevo Orquestra, Pepeu Gomes, Leo Gandelman

Rock Street USA: DJ Druskee & MC Myron Marten, Academy of Villains, Rock in Rio Dance Crew

Rock Street UK: Stones the Beetles, Terra Celta

15 de maio

Palco Principal: Taylor Swift, Ed Sheeran, Echosmith, Ivete Sangalo

Palco Mercedes-Benz Evolution: Jessie J, Charli XCX, Tove Lo, James Bay

Palco Eletrônico: Whitney Fierce, Jeniluv, Valida, Heidi Lawden

Rock Street Brazil: Simoninha apresentando Toni Garrido, Marcos Valle, BossaCucaNova

Rock Street USA: DJ Druskee & MC Myron Marten, Rock in Rio Dance Crew

Rock Street UK: Stones the Beetles, Terra Celta

16 de maio

Palco Principal: Bruno Mars, Empire of the Sun, Big Sean

Palco Mercedes-Benz Evolution: John Legend, Joss Stone, Magic!, Mikky Ekko

Palco Eletrônico: Behrouz, Renato Ratier, Uner, Dj Vibe

Rock Street Brazil: Simoninha apresentando Toni Garrido, Marcos Valle, BossaCucaNova

Rock Street USA: DJ Druskee & MC Myron Marten, Rock in Rio Dance Crew

Rock Street UK: Stones the Beetles, Terra Celta


Fonte: achebelem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...